Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Letras e Acordes



Sábado, 02.04.16

Se houver um anjo da guarda

 

A, D, A, D

 

A                   D                            E                                  A

Um homem contou-me que da montanha se toca o céu

A                                    D                          E                     A

Que se encontrou ao subi-la, mas ao descê-la se perdeu.

A                      D             E                  A

Viu rastos de cobra e pegadas de leão.

A                      D                         E                          A

Esta vida não sobra quando se olha só para o chão.

F#m      E             A         F#m        E                         A

E tentou fugir do trilho, beijou o tempo como a um filho

F#m      E                A                    E                 D

Acordou numa alvorada, já sem nada pra esconder

        E

e então falou assim

A              D     A            D       F#m            E

Se houver um anjo da guarda que me abrace 

           A              E         F#m

e se guarde dentro de mim

D        E                     A

É tão só estar só no fim.

 

 

A, D, A, D

 

A                     D                             E                           A

Outro homem contou-me que da cidade se vê o mundo

A                       D                                  E                     A

Que é tão doce o desejo que nenhum beijo é profundo

A                         D               E              A

Viu escadas de ouro e telhados de rubi

A                                     D                    E                  A

Pensou que o maior tesouro é cada qual saber de si

F#m     E                  A       F#m      E                          A

E tentou fugir da sombra, dizer à luz que não se esconda

F#m           E              A                      E             D

Correu as ruas uma a uma já sem nada pra perder

         E

e então gritou assim

 

A              D     A            D       F#m            E

Se houver um anjo da guarda que me abrace 

           A              E         F#m

e se guarde dentro de mim

D        E                     A

É tão só estar só no fim.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Logic às 14:55



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Arquivo

2016